(015) 3346 0478

Siga-me

Hospital referência na saúde da mulher e do recém-nascido homenageia Carlos Cezar

O deputado Carlos Cezar (PL) visitou, na manhã da última sexta-feira (22), o Centro de Atenção Integral da Saúde da Mulher (CAISM), hospital da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) considerado o maior do interior de São Paulo especializado na saúde da mulher e do recém-nascido.

O parlamentar recebeu do superintende do CAISM, Prof. Dr. João Renato Bennini Junior, uma placa de agradecimento pela destinação de recursos ao hospital, que presta mais de 90 mil atendimentos por ano, sendo 100% deles pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Inaugurado em março de 1986, o CAISM é referência em ensino, pesquisa e assistência altamente especializada na saúde da mulher e do recém-nascido, nas áreas de Obstetrícia, Neonatologia, Ginecologia, Oncologia Ginecológica e Mastologia.

O hospital desenvolve alguns programas voltados a atenção específica, entre os quais de Atendimento à violência sexual; Banco de Leite Humano; Capelania Hospitalar; Hospital Amigo da Criança; e Humanização Hospitalar.

Entre os procedimentos de alta complexidade realizados pelo CAISM estão cirurgias fetais, realizadas nos bebês ainda no útero materno, em casos que impossibilitem a sobrevivência da criança, por exemplo, de diagnósticos mielomeningocele, (malformação do tubo neural que causa sequelas neurológicas e motoras) e hérnia diafragmática.

“Agradeço a toda equipe do CAISM pela homenagem: contem com meu apoio para continuar destinando recursos a esse lindo trabalho de vocês, para que mais vidas sejam salvas e mais mães saiam felizes com seus filhos!”, destacou Carlos Cezar.

Com cerca de 20 mil metros quadrados, o hospital concentra mais de mil servidores, 80 professores-pesquisadores e 16 mil alunos, das Faculdades de Ciências Médicas e de Enfermagem da Unicamp, mas também de outras instituições públicas e privadas de cursos técnicos, de graduação, pós-graduação, residência, especialização e aprimoramento.

Com área de abrangência em 42 municípios e mais de 5 milhões de habitantes, o CAISM recebe pacientes de outras regiões do Estado, encaminhados por meio da Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde (CROSS).