(015) 3346 0478

Siga-me

Carlos Cezar questiona regulação de vagas para tratamentos de câncer

O deputado Carlos Cezar (PL) apresentou um requerimento com questionamentos à Secretaria de Estado da Saúde (SES) sobre a demanda reprimida de pacientes à espera de exames e cirurgias na Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer (RHCCC). A indagação surgiu porque, embora a busca por tratamentos oncológicos na rede pública pela população seja das mais frequentementes, a Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba anunciou recentemente ter “vagas sobrando” nessa área da medicina.
Na última quarta-feira (16), veículos de imprensa e páginas nas redes sociais informaram a respeito da disponibilidade de vagas para tratamentos em algumas especialidades oncológicas, casos de câncer de pele, mama, ginecológico, aparelho digestivo e cirurgias oncológicas. Segundo o gestor da Irmandade, padre Flávio Miguel Jorge Júnior, o chamamento é um procedimento que busca atender a demanda dos pacientes e bater as metas de cirurgias do hospital até dezembro de 2022.
No requerimento, Carlos Cezar questiona a SES se há demanda reprimida de pacientes na RHCCC por exames e cirurgias oncológicas e, em caso positivo, sejam tomadas providências urgentes relativas à Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS) para que não haja mais hospitais com “vagas sobrando” e “à procura” de pacientes. “Infelizmente, são comuns os relatos de pacientes sobre uma longa espera para tratamentos de câncer no SUS. A Secretaria da Saúde precisa tomar medidas urgentes para sanar esse descompasso, entre pacientes necessitando e vagas sobrando, de modo a oferecer o acesso ao tratamento digno e eficaz na área de oncologia”, destaca o deputado.

© 2023 Criado por Abner Siqueira