(015) 3346 0478

Siga-me

Carlos Cezar explica como a privatização da Sabesp vai ampliar rede de saneamento e reduzir tarifas

Em entrevista ao programa Manhã da POP, da rádio POP FM 107,7, de Itapetininga, o deputado Carlos Cezar explicou a operacionalização da desestatização da Companhia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Sabesp). Em vez de aumentar tarifas, o projeto de lei permitirá a atração de investimentos privados, a redução de tarifas e antecipação das metas de acesso universal ao saneamento básico.

Com o lucro obtido com a venda das ações da companhia na bolsa de valores, o Governo de São Paulo vai criar um fundo que permitirá a redução da tarifa à população mais vulnerável. Além disso, o contrato da futura concessão prevê a antecipação de 2033 para 2029 o acesso a saneamento básico a toda a população das cidades atendidas pela Sabesp, em especial, em comunidades, aglomerados urbanos e áreas rurais.

Nesta semana, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou o Projeto de Lei 1501/2023 numa reunião conjunta de comissões. A expectativa é de que a proposta de privatização seja votada em Plenário até o final deste ano.